Hollywood com dendê: 9 lições de marketing e comunicação aprendidas com um baiano que deu certo na meca do cinema mundial.

Nem todos têm a possibilidade de conhecer a cidade dos anjos e vivenciar de perto a magia de Hollywood vivendo e principalmente trabalhando nessa cidade que é sinônimo de cinema.

Aqui na Criante, recentemente pudemos saciar um pouco da curiosidade sobre como as coisas acontecem por lá, nos bastidores de uma agência especializada em campanhas para TV e cinema.

Tivemos o privilégio de receber Cláudio Reis, um brasileiro, baiano de Feira de Santana, que conseguiu o que muitos sonham. Viver, trabalhar e obter reconhecimento por seu talento em Hollywood.

Ilustrador e designer, diretor de criação da agência The Refinery Creative, uma das maiores do ramo em Los Angeles.

Cláudio é responsável por campanhas internacionais de grandes sucessos dos estúdios em Hollywood, como: Toy Story 3, Encantada, Enrolados, Carros 2, Alvin e os Esquilos, O Poderoso Chefinho, Snoopy , Angry Birds,  Kingsman e Jumanji.

Não desperdiçamos esta oportunidade e gravamos uma ótima entrevista, disponível no CriaCast, nosso canal no YouTube.

Assista agora a entrevista completa:

É claro que a indústria cinematográfica tem vivido seu quinhão de disrupção. O impacto do streaming, as mudanças de hábitos dos consumidores e por aí vai. Até por isso é um excelente laboratório de experimentações e aprendizados. Uma lista de insights vindos desse setor seria imensa. Aqui procurei me ater aos aspectos diretamente ligados ao espaço de atuação de nosso entrevistado atuando em uma agência especializada em produções de TV e cinema.

 

Nesse contato pudemos aprender muitas coisas interessantes e tirar algumas lições:

1. Em um ambiente tão competitivo a cultura da meritocracia prevalece. Em todas as áreas existe uma verdadeira caça aos talentos e uma vez encontrados eles são valorizados e respeitados.

2. Talento não tem endereço. Não importam a origem, as crenças, a raça. O que realmente importa é a competência. Se você é bom no que faz é convidado a entrar para o time. Eles reconhecem o valor da diversidade.

3. Todo trabalho é recompensado. Por exemplo: Quando se realiza uma concorrência para escolher a agência que desenvolverá a campanha para um filme ou série, todas as empresas participantes são remuneradas!!! Que inveja.

4. Cada um no seu quadrado. Incrível, mas também há humildade em Hollywood. Os estúdios compreendem que sua expertise é contar histórias. Para embalar e vender seus “produtos” eles contratam agências, afinal não se pode ser bom em tudo, não é? Não é?!?!?

5. Boa mídia é aquela que funciona. Eles já entenderam que a mídia digital é uma realidade em ascensão e precisa ser muito bem utilizada, mas sabem que não dá para desprezar outras formas de comunicação. Em geral as campanhas são fortemente multiplataforma. Além de tudo que é possível fazer no digital, também se utiliza TV, Outdoor, Pôsteres, Mobiliário urbano, tudo o que estiver disponível e dentro do budget. Não por apego ou saudosismo, mas pela simples constatação de que ainda funcionam.

6. Não é só traduzir o texto. A indústria do cinema sabe que para otimizar os resultados de seus investimentos milionários é preciso adequar a mensagem ao público alvo. Cores, texturas, composição, tudo é levado em conta. Os estúdios dedicam excepcional atenção aos detalhes e sutilezas culturais e estéticas e customizam cada campanha às peculiaridades de cada país. A resposta do público está diretamente relacionada a precisão com que cada peça se ajusta ao perfil da audiência.

7. É um trabalho de equipe. A complexidade desse tipo de projeto o faz intrinsicamente multidisciplinar pois exige conhecimentos e habilidades muito diversas. Mesmo um diretor estrela ou um produtor intransigente precisam ouvir e considerar todos os envolvidos sob pena de comprometer os resultados do projeto.

8. Acredite em seu talento, mas um pouco de sorte ajuda. O Cláudio hoje é um profissional reconhecido e premiado. Com mais de 10 anos de experiência e inúmeros projetos de sucesso, não precisa provar mais nada para ninguém. Mas ele reconhece que ter ido a passeio para Los Angeles e ser apresentado ao dono de uma agência de publicidade, especializada em cinema e TV, prestes a ser inaugurada e que estava em busca de um artista exatamente com o perfil dele, foi uma oportunidade rara.

9. Apesar de tudo, nem sempre dá certo. Todos os cuidados com uma produção podem não ser garantia de sucesso. Hollywood gera um volume insano de produções. A excelência e a qualidade são em grande medida frutos dessa quantidade. Vale a máxima “A prática leva à perfeição”. No processo muito coisa ruim é produzida e o fracasso faz parte. O aprendizado e aperfeiçoamento resultam também das falhas e fracassos.

“Eu gosto do impossível porque lá a concorrência é menor. ”

Walt Disney

 

2017-10-26T16:36:39+00:00Artigos, Blog, Noticias|

Sobre o Autor:

Sócio-Diretor de criação da Criante, com mais de 17 anos de atuação em marketing e comunicação, Magno Santana é pós-graduado em marketing com experiências em consultoria, educação presencial e a distância e gestão de marketing.
Fale Conosco
close slider
  • Transforme a comunicação de sua empresa.
    Comece agora.